CADASTRE seu CURRÍCULO na ACTIO para está disponível para as MELHORES Vagas...

"FAÇA O SEU MELHOR NAS CONDIÇÕES QUE VOCÊ TEM, ENQUANTO NÃO TEM CONDIÇÕES MELHORES PARA FAZER MELHOR AINDA" - Mario Sérgio Cortella / "QUEM QUER FAZER ALGO, ENCONTRA UM JEITO, QUEM NÃO QUER ENCONTRA UMA DESCULPA" - Provérbio Árabe

terça-feira, 13 de março de 2012

Gravidez x Trabalho: Confira Seus Direitos

Algumas perguntas e respostas sobre o assunto que interessa a muitas mulheres e patrões também

O EMPREGADOR PODE DISPENSAR UMA FUNCIONÁRIA CASO ELA ENGRAVIDE?

'Quando falo de estabilidade da gestante, significa que há garantias para a mulher grávida. Ela tem direito a continuar no cargo, salvo em condição de justa causa, segundo a Constituição. De acordo com a lei, a mulher grávida não pode ser dispensada desde a descoberta da gravidez até 5 meses após o parto. Esse direito é concedido para aquelas que têm contrato nas empresas por prazo indeterminado', responde Dra. Sandra Sinatora (Advogada especialista em Direito Material e Processual do Trabalho).

COMO FICAM AS MULHERES QUE TRABALHAM EM REGIME DE EXPERIÊNCIA OU COM CONTRATO POR PRAZO DETERMINADO? 

'Até pouco tempo, as mulheres que trabalhavam nesse regime de contratação não teriam essa estabilidade, pois subentende-se que um contrato por prazo determinado já tenha data de início e data de término. Então a empresa mandando embora no término não estaria cometendo nenhuma arbitrariedade, só cumprindo contrato. Porém, recentemente, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) reconheceu que as mulheres que cumprem contrato determinado também têm o direito à estabilidade assegurado. Esse entendimento está baseado na Constituição, já que o artigo não faz distinção entre contrato por prazo determinado e indeterminado', afirma Dra. Sandra Sinatora.

COMO AS MULHERES, PRINCIPALMENTE AS QUE ESTÃO EM CONTRATO DETERMINADO, PODEM RECORRER AO DIREITO DE NÃO SEREM DISPENSADAS?

'A gestante que está trabalhando e for dispensada tem que procurar um advogado. Procurando a empresa direto dificilmente vai ter uma reintegração. Se o advogado entender que a mulher não tem direito porque está em contrato determinado, aconselho trocar de advogado até que encontre um que esteja a par dessa decisão apoiada pelo TST. Temos precedentes. Se a mulher entrar com uma ação, dependendo do período que ela esteja na gestação, pode ser reintegrada, trabalhar o restante da gestação, ter os cinco meses de estabilidade, e só depois a empresa poderá dispensar. Se a gravidez já tiver num estágio muito avançado ou a criança já tiver nascido, esse benefício pode ser convertido em indenização', observa Dra. Sandra Sinatora, advogada trabalhista.

QUAL A POSIÇÃO DOS JUÍZES QUANTO AOS CASOS DAS MULHERES GRÁVIDAS QUE ESTÃO CONTRATADAS POR PRAZO DETERMINADO?

'A maioria dos juízes entende que grávidas em contrato de experiência não têm direito à estabilidade. Mas como é o TST que defende essa tese, fundamentado na Constituição Federal, acredito que em breve todas as demais mulheres vão ser beneficiadas. A tendência é que os juízes de instâncias inferiores ao TST observem essa decisão e passem a aplicar essa medida', diz a especialista.

VAMOS SUPOR QUE UM EMPREGADOR ABRA VAGAS SAZONAIS EM SUA EMPRESA PARA A PRODUÇÃO DE PÁSCOA, POR EXEMPLO. ELE PODE PEDIR ÀS POSSÍVEIS CANDIDATAS QUE FAÇAM TESTE DE GRAVIDEZ?

'É proibido por lei o pedido do teste de gravidez no ato da admissão. Às vezes a empresa quer detectar uma doença e pede exame de sangue para mulheres e homens e também não é permitido. É vetado por lei qualquer tipo de teste que vá em favor de discriminação. Essa é uma situação que eu particularmente discordo, pois a empresa acaba ficando desfavorecida sem saber a real situação da mulher', responde Dra. Sandra Sinatora.

E SE ACONTECER DE A MULHER DESCOBRIR QUE ESTÁ GRÁVIDA ENQUANTO ESTIVER DE AVISO PRÉVIO?

'É encarado também como se ela não tivesse direito a estabilidade, afinal seu vínculo da empresa está em prazo de término. Mas diante dos acontecimentos, acredito que vale pedir a estabilidade em todas as situações', recomenda a especialista.

COMO FICA A SITUAÇÃO DA MULHER QUE PRECISA SE AUSENTAR DURANTE A GESTAÇÃO POR IDAS AO MÉDICO OU MESMO POR MAL-ESTAR, ENJOO, DORES?

'A empregada gestante que se ausentar por qualquer motivo precisa apresentar atestado médico. Caso contrário, a empresa pode sim descontar o dia que ela faltou. Muitas companhias realmente não toleram essa situação mas, uma vez que a mulher comprove o porquê de sua ausência, não tem o que falar. O ideal é que a empresa reestruture o setor, que deixe alguém de reserva, pois se a gestante tiver problemas de saúde não tem muito o que fazer. Esse é um dos motivos que gera discriminação da mulher no trabalho. Algumas empresas não querem nem pensar em admitir mulher com medo da gravidez', ressalta a advogada.

E SE A MULHER PRECISAR SE AFASTAR POR CONTA DE GRAVIDEZ DE RISCO?

'Vamos supor que uma mulher esteja grávida há apenas três meses, mas precise ficar 40 dias afastadas por ordem médica. Nesse caso, ela deve recorrer ao auxílo-doença junto ao INSS. Porém esse tipo de afastamento não interfere no período de licença-maternidade, concedido pela empresa quando a mulher estiver mais próxima do fim da gestação', orienta a Dra. Sandra Sinatora, advogada especialista em Direito Material e Processual do Trabalho.

AS GRÁVIDAS TÊM DIREITOS ESPECÍFICOS E PRIORIDADES QUANDO ESTÃO TRABALHANDO?

'Não. Enquanto gestantes o trabalho é o mesmo, a não ser que exista algum determinação médica para que ela seja transferida de atividade. Se no trabalho precisa pegar peso, ficar em alguma posição que a prejudique, por exemplo, ela vai explicar isso para o médico, que vai mandar um atestado para a empresa, e esta precisará rever as atividades da funcionária', observa a advogada.

DURANTE O PERÍODO DE LICENÇA-MATERNIDADA, A MULHER TEM TODOS OS DIREITOS GARANTIDOS?

'Sim, ela recebe integralmente, sem desconto. O que pode acontecer é que, caso ela precise se afastar uns dez ou quinze dias antes do que estava previsto para o início de sua licença, por exemplo, a contagem de dias de recesso começará a partir daí. E não do dia previamente concordado com a empresa', responde a especialista.

QUANTOS MESES A MULHER TEM DIREITO A TIRAR COMO LICENÇA-MATERNIDADE?

'A legislação prevê quatro meses, os seis meses são facultativos. Mas há empresas de diferentes setores que participam de convenções coletivas e concedem os seis meses para a mulher. É o caso do Programa Empresa Cidadã, decreto instituído em dezembro de 2009, destinado a prorrogar por 60 dias a licença-maternidade. A adesão é voluntária e a empresa tem direito a benefícios fiscais. Somente podem participar as empresas com declaração com base no lucro real'.

EM VISITA A GENEBRA, PARA PARTICIPAR DE UMA SABATINA NA ONU, A MINISTRA DA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES, ELEONORA MENICUCCI, DECLAROU QUE VAI DEFENDER EM SEU MANDATO A LICENÇA-MATERNIDADE PARA SEIS MESES OBRIGATÓRIOS. NESSE CASO, COMO FICA O ARTIGO DA CONSTITUIÇÃO QUE FALA DE 'ESTABILIDADE DA GRAVIDEZ ATÉ CINCO MESES APÓS O PARTO'? ELA, ENTÃO, PODE SER MANDADA EMBORA ANTES DE VOLTAR A TRABALHAR?

'Considerando a legislação atual, sim, já que a Constituição fala em estabilidade por 5 meses após o parto. Mas não faria sentido. Como o objetivo da legislação é proteger a mulher grávida, acredito que se a empresa for obrigada a conceder a licença-maternidade de 6 meses, o período de estabilidade também deverá ser ampliado. Então, o mais coerente seria que o artigo que trata dessa questão seja alterado para ampliar o prazo', ressalta a advogada Dra. Sandra Sinatora.

A MINISTRA TAMBÉM LEVANTOU A QUESTÃO DA LICENÇA-PATERNIDADE E QUE DEFENDE UM MAIOR PERÍODO DE LICENÇA PARA ELES. QUAL SUA OPINIÃO SOBRE O ASSUNTO? 

'A licença-paternidade atualmente é de cinco dias, conforme uma regra transitória da Constituição Federal. Muito se fala em aumentar o prazo da licença paternidade para que o pai possa participar e auxiliar nos cuidados com a criança, mas caso haja uma ampliação, não será muito substancial, talvez 15 dias. O objetivo da licença é que a mãe possa acompanhar as primeiras necessidades da criança, como a amamentação. A mulher que é mãe sabe dos cuidados com um recém-nascido e da dificuldade em trabalhar no dia seguinte. Os primeiros meses são para adaptação e, dificilmente, o pai cumpre este papel tanto quanto a mãe. Ampliar o prazo da licença paternidade em até 15 dias não traria sérias consequências profissionais e seria interessante pois é um período difícil para a mulher que encontra-se debilitada e, muitas vezes, sem ninguém para ajudá-la. Já um prazo maior, poderia causar um certo 'terror' nas empresas, pois além da mulher ser discriminada, o homem, como pai, também poderia sofrer este problema', pensa a advogada especialista em Direito Material e Processual do Trabalho.

QUANDO A FUNCIONÁRIA QUE ENTRA EM LICENÇA-MATERNIDADE E TEM UM CARGO DE GRANDE RESPONSABILIDADE NA EMPRESA, NORMALMENTE É SUBSTITUÍDA. E COMO FICA A SITUAÇÃO COM O SEU RETORNO?

'O emprego dela precisa estar lá quando retornar. Em grandes empresas, as executivas não encontram problemas, até porque nesses quatro meses elas não ficam totalmente afastadas, já que hoje tem internet, e-mail entre os facilitadores para que possam monitorar as atividades de suas próprias casas. Realmente tem empresa que contrata uma pessoa para substitutir a gestante e acaba gostando do trabalho dela. Isso às vezes acontece porque a empresa já fica com o medo do retorno da funcionária, que agora deve faltar pois precisa levar o filho ao médico, por exemplo. E é isso que faz a empresa muitas vezes dispensar a funcionária e optar pela substituição. Mas acredito que, pelo menos em cargos executivos, esse índice é bem baixo'.

A FUNCIONÁRIA TEM O DIREITO DE EXIGIR SEU CARGO QUANDO RETORNAR?

'Se a empresa respeitar o período de estabilidade, não', afirma Dra. Sandra Sinatora, Advogada especialista em Direito Material e Processual do Trabalho.

O QUE PRECISA MELHORAR EM RELAÇÃO À SITUAÇÃO DA MULHER NO TRABALHO?

'A classe feminina já conquistou uma vitória no quesito postos de trabalho. A legislação precisa favorecer a gestante e evitar todo tipo de discriminição, mas acho que não pode dificultar muito as coisas para o empregador, pois daqui a pouco isso tudo que lutamos vai sumir, ele não vai querer contratar grávida, nem sem estar grávida. Na Legislação precisa estar previsto as garantias de emprego, mas é preciso ter consciência e serem criados elementos que também favoreçam o empregador. Muitas mulheres têm problemas de saúde durante a gestação e precisam ficar afastadas. Só que outras usam a gravidez para ganhar sem receber, não estão sentindo nada, mas não vão trabalhar porque sabem que não podem ser mandadas embora. O empregador fica de mãos atadas, qualquer coisa que ele faça vai ser considerado discriminação. É preciso repensar na legislação questões como a proibição do exame de gravidez na admissão. Não acho que seja discriminar, pois se fosse um ato discriminatório, a empresa já nem chamaria nenhuma mulher para participar do processo seletivo. Às vezes por uma questão econômica, a empresa não pode contratar uma mulher grávida se ela vai faltar a semana inteira. É preciso equilibrar a relação entre a proteção da mulher e o direito do empregador'.


Fonte das imagens: gettyimages

Reações:

110 comentários:

Realmente o problema, é quando a mulher volta ao trbalho ea depois dos 5 mesmes de estabilidade é demitida, e essa mulher fica sem emprego e ainda com filho para sunstentar, por tanto acreditou que a lei deveria mudar , pq muitas veses o empregador esta esperando terminar os 5 mesmses e demitir , pq a responsabilidade dela tewr filho pode atrpalhar a sua função, que não tem nada a ver claro!. Por tanto a mulher na área privada deveria ter 1 ano de estabilidade após a volta da licença maternidade da tempo suficiente para ela entrar no meio e mostrar que se inseriou e está cumprinedo o seu trablaho , e garante ao filho uma estabilidade. O governo deveria pensar , conheço mtas amigas que voltarem da licença e após um mês forem demitidas sendo altamente capazes, e mts mulheres nessa oraganização tem medo de engravidar , pq sabe que será a sua saide.

Grata

Muito obrigada .. Por que eu estou gravida de 5 meses ... e fui mandada embora com dois meses .. e a dona da empresa olhou pra minha cara e disse .. Se vira , vai atras dos seus direitos por que antes de te mandar embora eu ja pesquisei ..

Sendoo que quem iniciou a loja, quem montou tudo, quem inaugurou a loja foi tudo eu sozinha .. Ela nao teve nenhum pouco de conciiennciia.. Agora eu quero mais é que ela me recontrate ou me pague a indenização.. Muito obrigada

Olá gostaria de saber, usando o bom senso, quanto tempo depois a mulher pode se sentir segura para engravidar após ter sido contratada sem que prejudique a imagem dela dentro da empresa? Obrigada!

tive meu bebe e esta chegando a hora de voltar a trabalhar e nao tenho com quem deixar e a creche nao o chamou ainda o que faco?

fui demitida de uma empresa e após um mês o empregador me ligou e me pediu para volta, mas não assinou minha carteira, após cinco meses q voltei descobri que estou grávida, como deverei fazer, eles poderao assinar minha carteira terei algum direito

Você ja cogitou pagar uma escolinha ou uma baba?

Você ja cogitou pagar uma escolinha ou uma baba?

Boa Noite, Fui mandada embora dia 5 de novembro sem justa causa, e ate a presente data só recebi uma parte do meu acerto sendo que ainda falta meu fgts e meu seguro desemprego. estou com um mês de gestação, gostaria de saber se eu teria direito a reitegração na empresa novamente.

Bom dia sou tecnica de enfermagem trabalhei de 06/05/2011 a 31/12/2012 fui dispensada dia 02/01/2013.trabalhava por comtrato e estou gravida de 07 meses gostaria de saber dos meus direitos e por onde comeso?.desde ja muito obrigado.meu com tato e beto_c.lima@hotmail.com

Fui dispensada ontem ..
minha menstruacao esta atrasada por mais de 40 dias..
Se acaso eu estiver gravida! a empresa que ja sabia que estou tentando engravidar..
Pode me recontratar se no exame demicional indentifica se eu estiver gravida??

ANONMA: GOSTARIA DE SABER SE POSSO DEIXAR MINHAFUNCIONÁRIA NOPERÍODO DE GRAVIDEZ EM CASA, NÃO PRECISO DO TRABALHO, QUERO DEIXAR ELEA EM CASA, MAS VOU PAGAR TODOS OS DIREITOS PREVISTO PRO LEI, SALÁRIO, CESTA BÁSICA É LEGAL?

Nenhuma empresa seria vai mandar um mulher gravida embora. Essas empresas mandam embora por falta de comprometimento e produtividade. Se foi mandada embora provavelmente tenha algum problema muito mais serio (e sem duvida vale uma autoavaliação profissional e pessoal).

estou gravida de 33 semanas trabalho 6.20 por dia o tempo de banheiro durante o dia todo é 25 minutos eu fiz 37 minutos estou os 25 fui advertida verbalmente e fui avissada q da proxima vez vou levar uma advertencia formal isso é justo

Estou gravida de 7 meses.Trabalho fazendo limpeza em uma escola,não me sinto muito bem,é bem longe da minha casa,me sinto bastante cansada,faço bastante esforço e não ha nenhuma probabilidade de me mudarem de função.Gostaria de saber se posso tirar uma licença médica de pelo menos 30 dias e se isso prejudica minha licença maternidade.Obrigada

Estou complindo 3meses de experiencia e contei que estou gravida para minha chefe hoje. Ela me informou que vaime dispensar por que estou de 3 meses de experiencia ela pode fazer isso?

boa tarde voltei de ferias dia 02/01/2013 e descubri que estava gravida de 2 meses contei para minha patroa ela não gosto já fais 2 anos que esto aqui agora não sei oq fasso , eu fasso tudo e esto passando muito mal eu sinto muita colica mais senpre fui ao medico pego atestado e volto pra não ter conversa , posso trabalhar desse geito obrigada????

Posso pedir minha Licença com 7 meses ?

Fui demitida em outubro e descobri minha gravidez em novembro no caso estava gravida quando fui demitida quais são os meus direitos?

Se a Mulher entrar no emprego estando gravida e não falar nada...
e ja estando registrada,ela pode ser dispensada?

estou gravida de 2 meses ,sinto muitoo enjoou e por esse motivo as vezes falta no serviço tem semana q vou um dia sim um dia nao pq passo muito ml minh chefe falou q vai acabar me mandando embora por justa causa ..ela pode fazer isso?

Olá, estou gravida de 4 meses e fui mandada embora esse mes, meu contrato era temporario e o advogado nao quis pegar a causa alegando ser dificil contra a prefeitura do municipio. gostaria de saber o que devo fazer agora? meu email: cmunizr@hotmail.com

Ola qria saber sim poder da ferias no mesmo mes que ganhor o meu bebe elle esta previsto a nascer no dis 28

Ola! Gostaria de saber de quanto e a indenizacao por nao respeitar a estabilidade da licenca maternidade?

Eu estou de cinco meses,e a empresa que eu trabalho demitiu todo o quadro de funcionários do meu setor, e eu só fui comunicada depois da dispensa que eles iriam me afastar.Eu não sei como proceder diante desta situação, gostaria de saber se terei direito a estabilidade após o término da licença maternidade?.

Se alguêm poder me ajudar agradeço.

estou com um problema com funcionaria gravida. trabalhou normal até exemplo dia 20, descobriu que estava gravida no dia 21 ja de 2 meses, o que aconteceu? virou uma funcionária problema. ja passou mau no dia seguinte. trás atestados semanalmente, diz que tratamos ela mal, pois não podemos cobrar os deveres dela, não quer fazer mais nada e ainda por cima diz que vai procurar os direitos dela pois diz que estamos agredindo ela, pedindo somente para ela fazer o que foi contratada. fica de cara feia. como proceder com uma funcionária assim? posso mandar embora?

ESTOU GRAVIDA DE 7 MESESPORQUE NAO ME SINTO BEM TENHO MUITAS COLICAS ENJOOS DOR DE CABEÇAAINDA TENHO QUE TRABALHAR EM PÉ TRABALHO EM LOJA,FALTEI UMA SEMANA SEM LEVAR ATESTADO,MINHA CHEFE SO FAZ COBRANÇAS SEMPRE DIZ QUE TA CANSADA DA MINHA GRAVIDEZ E QUE EU A USO PRA FICAR EM CASA SEM MOTIVO MAS NAO E VERDADE ELA ME DEU ADVERTENCIAS PARA ASSINAR DISSE QUE VAI ME MANDAR EMBORA POR JUSTA CAUSA E OS MEUS DIREITOS TENHO ALGUM?PARA MIM TENTAR RECORRER PARA UM ADVOGADO???

O grande problema nisso tudo, é que todos querem seus direitos, o que é normal, mas ninguém quer os seus deveres...por que? Quem deve pagar por essa gravidez, a empresa,ou o pai e a Mãe, né?

Imagine você no lugar de dono da empresa, seja ela, gigante ou uma banca de jornal. Como você vai sustentar essa gravida e futura mãe (AUSENTE), se ela mesma, EM QUASE A MAIORIA, 70 %, fazem corpo mole e ate não produzem pra empresa por se tornarem estáveis, com uma canetada e não pela consideração ou competência?

Por que o HOMEM nao pode ter o mesmo direito de ter a a mesma licença? Não somos iguais? Ou seja....só vale se vor em favor das feministas? A meritocracia nao existe mais.....!!!! E o pior de tudo, na hora de fazer o filho, muitas vezes, nem pensam nas consequências....

Por isso, diminuiu na metade a oferta de vagas as mulheres, prejudicando as honestas, em favor das preguiçosas que acham que gravidez é doença, imagine a 20 anos atras como se viravam????

É só....

Sou mulher, diretora de empresa e nunca precisei de favores pra chegar onde cheguei..

Outra coisa....

...muitas empresas já diminuíram em muito o salários das mulheres por se tornarem mais caras que os homens na contratação.

A livre iniciativa vai acabar com tudo!

trabalhei em um empresa durante 29 dias só que ela me mandarão embora e ai eu descobri que estava gravida o so que isso foi em 2009. oque devo fazer

Ola estou gravida de 4meses,quanto tempo depois do parto posso ser demitida ou fazer acordo pois depois do bb nascer nao quero trabalhar e tenho direito a receber auxilio desemprego?

fui dispensada de um contrato com término para 31/12/2013 no dia 02/04/2013, sou professora na rede estadual de ensino em Minas Gerais e estou grávida de 4 meses, a dispensa foi correta? O que devo fazer?

1. Quais as obrigações das gestantes para com o empregador durante a gravidez?
2. Você acredita mesmo que a maioria das grávidas, que aqui reclamam seus direitos, também cumprem com as suas obrigações no trabalho?
3. Quais direitos você gostaria de ter, se fosse dona de uma empresa, e tivesse que lidar com grávidas que abusam dos atestados, para justificar atrasos e ausências ao trabalho?

Eu trabalho em um posto de gasolina sou frentista,depois que fiquei gavida sofro discrinaçao provocaçoes,começo a trabalhar as seis da manha as 15 horas nao posso sentar pois tenho dores nas pernas porque estou de sete meses e recentemente o gerente proibiu as funcionarias a vender ate mesmo o meu pao que pago com o meu dinheiro porque sinto fome sem falar do meio copo de leite que pedi para tomar com cafe foi proibido eu queria saber se tem lei para essas coisas...

oi. trabalhei emuma instituiçao de ensino durante 8 anos em cargo comissionado pagos pelo estado e estou gravida de 5 meses e fui demitida sem justa causa. tenho direitos a receber meus meses vindouros ou nao?

estou gravida de 3 meses e a firma em que eu trabalho disconta os dias que nao vou por estar doente e todos os atestado medicos . o que faço ? e ainda me dao adivertencia

Na minha opinião, se o governo quer dar estabilidade para as gestantes. o mínimo que deveria fazer era pagar a licença maternidade delas, e não fazer as empresas pagar e depois descontar dos impostos delas, por exemplo: empresas que tem sazonalidade, contrata temporários por que precisa somente naquelas épocas específicas, ai tem que ficar com a funcionária muitas vezes sem poder, pois seu faturamento diminui, tendo então um gasto desnecessário ou tendo que demitir outro funcionário fixo que talvez tenha filhos para sustentar, fora que depois quando você for mandar a funcionária embora vai ter que pagar indenização sendo que quando contratou como temporária não precisaria.
No caso das funcionárias fixas estou de pleno acordo.
Por isso agora só contrato homens, é menos dor de cabeça.

Realmente é bem complicado. já passei por isso, e é incrível com a funcionária muda com a gravidez!qualquer cobrança é discriminação ou perseguição.As faltas ficam constantes, não cumprem as tarefas... e o que é pior ficamos da mão atadas, pois não podem ser demitidas e usam isso para criar situações de conflito e as vezes prejuízo para a empresa. Com duas funcionárias e uma grávida fica muito difícil. Sou mulher e realmente, vou rever na hora da contratação.

Trabalho na Empresa á 5 meses e a 2 meses descobri que estou gravida de 3 meses. Quando comecei a trabalhar minha patroa disse que pagaria R$ 500,00 nos 3 meses de experiencia, e agora ela nao quer me pagar o dinheiro correto e a cada mes ela abaixa mais o meu salario... Minha carteira esta com ela des do dia que comecei a trabalhar que foi no dia 08/11/2012, e nao foi assinada. Ela quer fazer u acordo comigo no qual diz " Que o contratante nao tem vinculo nenhum e nem responsabilidade em estar assinando a carteira ou pagando quaisquer tipo de beneficio". Esse nao foi o combinado quando comecei a trabalhar... Oque devo fazer? Quais os meus direitos?

Aguardo resposta. Obrigada!

Não gostaria de continuar na empresa, posso fazer acordo??

oi sou a lú gostaria de saber,estou gravida e estou nos tres meses de experiencia a empresa pode me mandar embora ?

oi fui mandada embora gravida, eu entrei na empresa dia 02/01/2013 mas fui registrada somente dia 23/01/2013 minha experiencia ja tinha vencido e tenho provas,mas no dia 22/01/2013 fui demitida sem justa causa, tenho direitos sobre isso?

tenho conhecimento de uma mulher que trabalha a menos de 3 meses em uma empresa,e duas semanas antes de findar seu contrato, ela começou a dizer que estava gravida e não fazia nenhum exame para apresentar na empresa, assim que seu contrato venceu,ela foi chamada para receber a notícia que a empresa não iria continuar com seu serviço foi então que ela não assinou o os papeis de dispensa e demorou 4 dias para retornar na mesma para com o exame de gravidez,mas e agora ela diz que sofre de pressão alta, e sofre de obesidade,sendo assim ela não poderá fazer muito pois seu ramo de trabalho é muito puxado,por ser faxineira................o que pode ser feito, quem está certo quem está errado, quero saber somente o que é correto,,,se puder me responder preciso muito saber pois ela é uma pessoa que só sabe ser improdutiva no que faz...obrigada !!!!

eu comecei a trabalhar e ja estava gravida, mas nao sabia, quando fiz o teste e deu positivo falei com meus patroes e me disseram que a empresa nao assinava carteira de nenhum funcionário, mas agora ja esta assinando depois que um ex funcinario colocou o patrao na justiça e denunciou que a empresa e clandestina, conversei com meu patrao para assinar minha carteira , ele disse que nao ia asssinar,,as que quando eu voltar meu emprego estava garantido o que faço, quais sao os meu direitos?

Oi,

Sou funcionária com carteira assinada em uma empresa a 2 anos, e em julho do ano passado descobri que tenho um tumor na cabeça, e desde então estou afastada pelo INSS em tratamento, porem em janeiro acidentalmente engravidei, agora estou de quase 5 meses de gestação, e esse mês (Maio), termina meu afastamento pelo INSS, terei alta, mas quero saber se já posso pedir para tirar minha licença maternidade iniciando agora no mês de junho, porque depois que o bebê nascer vou pedir as contas, para continuar o tratamento médico???

Desculpe a minha humilde opinião, mas infelizmente muitas mulheres utilizam a gravidez como uma INVALIDEZ e não é assim né mulherada, por conta destas mulheres cada vez menos o mercado esta nos admitindo. Consciência é tudo pessoal, eu tenho muita vontade de ter mais um filho mas em contra partida tenho muito medo, pois os donos da empresa a qual trabalho podem achar que farei o que 70% das outras fazem, abandonam seus afazeres.

Este comentário foi removido pelo autor.

Temos um exemplo aqui em nossa empresa, Temos uma funcionária, que está se aproveitando de sua condição de grávida para vir trabalhar a hora que quer, quando quer, apresenta um atestado de cada posto de saúde diferente, debochada dos superiores, sobrecarrega as demais colaboradoras do hotel por que se sente no direito de fazer o que quer e ninguém pode fazer nada... e a empresa fica de mãos atadas porque não pode demití-la. Ela é uma concentração do que há de pior em um colaborador.

Essa lei é ótima, mas para mulheres competentes, com ética e que dão valor ao trabalho.

Com tanta bolsa, por que o governo não lança o Bolsa Gravidês?? assim as empresas não tem que ficar aturando MÀS funcionárias que não fazem por merecer o salário que recebem no fim do mês.

Atenção mulheres, não generalizando, ainda bem que pessoas desse tipo são apenas uma pequena parte da grande quantidade de mulheres que desde o início da gestação são verdadeiras mães e excelentes profissionais, em qualquer que seja a função que desempenham.

Aproveito para desejar um FELIZ DIA DAS MÃES... Parabéns a todas as mães que participam deste fórum...

Ivan

Bom dia gostaria que alguem me ajudasse pedi demissao no dia 15 de maio e agora dia 23 descobri que estou gravida de 6 semanas ainda nao fiz a homologaçao só mes que vem gente gostaria de saber vou ter algum direito eu gostaria q a empresa pelo menos deixasse meu convenio pois agora vai ser muito ultil

Boa tarde, eu trabalho e estou em período de experiência, e descobri que estou gravida de dois meses. Gostaria muito de saber se eles podem me mandar embora ?

oooi boa noite.. estou gravida de dois meses e trabalho na empresa a tres meses falta 12 dias para eu sair da experiencia e o patrao me demitiu. tenho algum direito ?

gesto muito bonito seu parabens ... e dificil achar patroas como voce parabens mesmo hoje em dia as pessoas so pensão no dinheiro e nao estão nem ai para os sentimentos das pessoas...

Bom dia , estou gravida de 3 meses , trabalho ha 7 meses na empresa ,so que o clima lá naõ esta muito bom depois que eu disse que estava gravida , choro o dia todo naõ tenho vontade de ir para o trabalho mais,quero saber se eu posso pedir conta , e como faço ? obrigada.

Estou grávida de seis ,trabalho numa rede de supermercado .Meu encarregado tinha concedido o horário das 14 horas as 22 horas e agora ele me tirou e colocou das 15 horas as 23 horas .
Demoro duas horas para chegar até minha casa ,passa essa 2 horas de percurso sozinha, gostaria de saber se existe alguma lei pra mim ajudar ?

ola faz apenas 1mes que estou trabalhando e descobri que estou gravida de poucos dias e estou com medo de contar para meu patrao por medo de ser despedida ele tem este direito de me mandar em bora se meus servicos sao necessarios na empresa e estou sem registro?

esto gravida de 4meses,e estou 2 meses trabalhando na empresa ainda não acabou meu contrato de experiencia,eles estão desconfiado que estou grávida e pedirão para eu fazer exame, se der positivo, eles podem me mandar embora da empresa por isso? tenho algum direito?

Bom dia. A júh !
É fato que vão te mandar embora...Você já estava gravida quando entrou na empresa.

OLA GOSTARIA DE SABER SE È A EMPRESA Q PAGA TODA A LINCENÇA MATERNIDADE, OU SE O GOVERNO AJUDA COM ALGUMA COISA?POIS TENHO UMA FUNCIONARIA Q FALTOU SO PRA FAZER O EXAME DE GRAVIDEZ, IMAGINO AGORA Q VOU PRECISAR CONTRATAR UMA PESSOA SO PRA QND ELA FALTAR, ISSO SEM PODER PQ JA TRABALHAMOS COM O QUADRO SUPER APERTADO

Boa tarde, tenho uma dúvida, gostaria muito da sua ajuda, estou gravida de pouco tempo, mas já decidi que após o parto nao gostaria de voltar ao trabalho, isso tbém já foi conversado com o meu marido pois trabalho muito longe de casa, teria alguma possibilidade de eu pedir p/eles me mandarem embora logo após eu retornar? sera que posso fazer um acordo? existe isso? obrigada. Claudia

Boa noite..
Estou grávida e tenho 2 meses de desconto e tive de ficar de baixa, agora a minha baixa não tem direito a remuneração ou tenho direito a alguma coisa? alguem sabe?

Estou gravida de 4 meses e meio, estou na empresa de call center a 7 meses. Meu marido mudou para outro estado a trabalho e o estado onde ele esta agora possui a mesma empresa onde trabalho e com vagas disponiveis. Pedi transferencia, porem a minha empresa se recusa a me da. Eles nao podem me demitir, mas tmb nao querem me da a transferencia, ou seja, estao me forçando a pedir demissao, porem eu preciso do trabalho, afinal estou gravida. O que faço agora? Existe alguma lei pra isso?

Estou gravida de três meses e pedir para sair no primeiro mes mais n sabia que estava grávida. posso pedir para voltar para empresa de novo

TENHO 2 FUNCIONARIAS GRAVIDAS, UMA CONTINUA TRABALHANDO NORMALMENTE A OUTRA FALTA POR QUALQUER MOTIVO NÃO MOSTRA INTERESSE NO TRABALHO E FICA ATRAPALHANDO QUEM QUER TRABALHAR,GOSTARIA DE SABER O QUE A LEI FALA QDO A FUNCIONARIA GRAVIDA APROVEITA DA SITUAÇÃO JA Q ELA SABE Q NÃO PODE SER MANDADA EMBORA
NAO E JUSTO ELA TER TODOS OS DIREITOS E ESQUECER DOS DEVERES.GRAVIDA TEM Q TER O DIREITOS SIM MAS NAO ESQUECER OS DEVERES. PARECE Q A LEI SO FAVORECE ELAS E A EMPRESA? E OS OUTROS FUNCIONARIOS?

Trabalhei fichada em 2007 a 2010, e fiquei gravida, por acaso tenho algum direito de receber algo nesse ano de 2010 em que sai do trabalho ?

é verdade q a empresa pode somar os atestados q foi dado durante a gravidez e descontar no licença maternidade?

Olá..
eu trabalhei 2 meses em uma empresa , e descobrir q estava gravida , eu começei a passar mal , ia gerente da loja falou pra mim nao ficar se arrastando e ir pra emergencia pegar um atestado, logo depois eu fiz um teste de gravidez i comfirmei minha gravidez, eu pedi conta . peguei os dias q eu trabalhei , ae minha carteira de trabalho ficou la pra empresa da baixa , minha carteira passou minha gestação inteira la na loja ´ e logo depois que minha filha nasceu , eu fui buscar , i dei conta que a empresa nao havia dado baixa na minha carteira .. oque faço tenho direito ah alguma coisa ja que na minha carteira ainda esta assinada ?

Olá..
eu trabalhei 2 meses em uma empresa , e descobrir q estava gravida , eu começei a passar mal , ia gerente da loja falou pra mim nao ficar se arrastando e ir pra emergencia pegar um atestado, logo depois eu fiz um teste de gravidez i comfirmei minha gravidez, eu pedi conta . peguei os dias q eu trabalhei , ae minha carteira de trabalho ficou la pra empresa da baixa . minha carteira passou minha gestação inteira la na loja ´ e logo depois que minha filha nasceu , eu fui buscar , i dei conta que a empresa nao havia dado baixa na minha carteira .. oque faço tenho direito ah alguma coisa ja que na minha carteira ainda esta assinada ?

Trabalho em uma empresa a 7 anos, no 3º ano engravidei, tive minha filha, tive todo respaldo da empresa, em todas as consultas ao médico fui e voltei, nunca faltei um dia se quer, trabalhei até o dia 31/12/2008 e tive minha filha no dia 02/01/2009, e continuo trabalhando da mesma forma por competência, e por não fazer como muitas fazem, corpo molhe, infelizmente é uma triste realidade, onde as mulheres honestas e que trabalham com competência e responsabilidade, pagam pelas que se aproveitam da situação e por qualquer motivo se ausentam do trabalho.

ola tudo bem stou gravida e quando entrei nao sabia que estava estou na empresa a quatro meses e a dona nao gostou muito ela me deu um balão de quatro dias falando que estou de conversas no trabalho e pq estou com o celular no bolso entao o que fazer pois tenho outros filhos e prciso estar com o celular e nao fico de coversas pois fico separadas deas outras pq cada uma tem seu corredor p ficar entao e justo la me da essess baloes

oi boa tade meu aviso venceu dia 24 de agosto e dia 20 de setembro descobrir que estou gravida quais sao is meus direitos

Estou gravida estou com 25 semanas eu posso fazer acordo na empresa onde presto servico???obrigada

Bom dia, estou gravida de 6 mesese e desde que completei 9 semanas tenho tido complicacoes, coloquei atestados durante este periodo e como sabia que so poderia tentar me encostar pelo inss no 16° dia de atestado esperei o tempo cabivel para entrar em contato com eles e agendar minha pericia e consegui agendar para o dia 04/11/2013, so que minha patroa disse que seu contadora a informou que nao era para ela ter aceitado meus ultimos atestados e ela me informou que nao me pagaria esses dias! O que devo fazer? Ela tem esse direito? E se o inss nao me afastar do trabalho, como devo fazer ate por que ela esta tentando me mandar embora por justa causa, aguardo a resposta anciosa! Por favor se for possivel enviar ao meu e mail e naty.pink.fl@gmail.com desde ja grata!

Estou gravida de 3 meses ,meu horário no trabalho é intermediário,porém,a primeira vez que faltei no trabalho(estava passando muito mal) falaram q iriam me mudar de horário para o fechamento da loja no qual sai 23;20 da noite.Gostaria de saber se posso ficar nesse horário?já conversei com a chefe e com ela n tem acordo.moro longe do serviço e chego em casa 1 hora da manha se for ficar nesse horário,e moro longe da parada ainda tenho que andar cerca de 20 minutos.Gostaria de saber se tenho algum direito sobre isso. Obrigada !

Recebi a ultima parcela do seguro desemprego e nesse período descobrir que estou gravida e não conseguir arrumar um emprego. Gostaria de saber se não tenho direito há algum beneficio para me ajudar a me sustentar?

trabalho em um posto de combustível a 2 anos e 6 meses só q no começo eu era zeladora e a estar com 9 meses passei a ser frentista e agora descobrir q estou com 4 semanas de gravidez só q não sou fichada e nem tenho nenhum contrato quero saber a ter quanto tempo posso trabalhar e quais são os meus direitos. obrigado

OLA, FUI DEMITIDA DIA 02/01/2014, MAS ACHO QUE ESTOU GRAVIDA SE CONFIRMAR AGRAVIDEZ POSSO PEDIR ENDENIZAÇÃO E ATÉ QUANTOS DIAS POSSO APRESENTAR A CONFIRMÇÃO DO EXAME DE GRAVIDEZ?

Sou funcionaria de um hotel registrada como aux. Serviços geral no entanto assim que descobri a gravidez já fui avisar a minha patroa que pra minha surpresa já queria falar comigo pois ia me demitir o motivo? Ela disse que sabia de um relacionamento que eu tinha com um homem que também era funcionário dela mais que na verdade era o pai do meu namorado de que eu estava grávida ou seja a dona do hotel tirou conclusões precipitadas ao nosso respeito e quando eu falei que estava grávida e que era do filho dele ela simplesmente me disse era pra mim esquecer aquela conversa e pediu-me que levasse meu exame de gravidez no escritório de contabilidade do hotel. A partir dai começou um clima tenso pois eu registrada como serviço geral estava trabalhando de camareira tinha que ajudar na lavanderia no restaurante e também no café da manhã retirando as mesas lavando louças e repondo o que acabava na mesa do café dos hóspedes eu subia 100 metros de rampa todos os dias empurrando um carrinho de compra cheio de roupas de cama lençóis e toalhas e fronhas. Eu passava do horário as vezes 2, 3 horas extras por dia eu limpava 26 apartamentos sozinha quando já estava com a barriga grande com 8 meses de gestação meu médico me deu atestado pra me trocar de função mais continuou a mesma coisa eu fiz esforço no trabalho e minha placenta ficou baixa tive que dar pontos internos e ainda assim continuei no mesmo lugar trabalhando aguentando a pressão que recebia dia após dia e agora está perto do dia de mim voltar trabalhar e já sei que vou ser demitida mais irei a justiça por danos morais e que vença aquele que está certo mediante a Lei.

Entrei gravida na empresa e ate agora ñ falei nada estou no perioodo de experiencia gostaria de saber s eu posso ser demitida.?

E foda porque tá cheio de mulher ligera .engravida daí foi pedir emprego e soco no rabo do patrão dizendo que não sabia a coitadinhas

ola, gostaria de sabe quanto tempo a frentista fica de licenca maternidade em casa

Olha eu to gravida de 2 meses mais trabalho na empresa desde dezembro de 2013 so que eles só assinaram a minha carteira agora em janeiro de 2014 e eu estou gravida desde dezembro.
Eles podem me mandar embora ?

Trabalho há 6 meses em uma empresa privada, e estou gravida há 3 meses. No começo trabalhava em um ponto de venda proximo da minha casa e depois eles me transferiram pra um ponto de venda que fica no shopping mais longe que tem da minha casa e da minha faculdade. Já pedi para eles me retransferirem, mas eles não querem entrar em acordo. O que eu posso fazer para que eles me transfiram?

Boa tarde. Sou gerente de uma loja pertencente a uma grande rede de UD, e estou passando justamente por algo assim, uma funcionaria acabou de retornar da Licença-maternidade, a outra vai sair em maio, e agora tem uma terceira gravida, tudo isso gerou quase uma pane na logística da minha loja. Agora lido diariamente com atestados e caras de dor que, francamente, irrita a mim e sobrecarrega as demais. Acho injusto a empresa ter que "pagar" a conta de escolhas pessoais, e apoio que certas leis sejam revistas. Se há lei de proteção a gestante, tem que haver também uma lei de proteção ao empregador para esse tipo de caso. Também sou mulher, bem sucedida, e nunca precisei me encostar em atestados ou leis pra crescer. Obrigada.

Gente, por favor, sejam mulheres dignas e honrem nossa condição, se foi dispensada pela empresa e só agora descobriu que está gravida, que especie de direito a pessoa acha que tem? Quer cobrar o que da empresa? Indenização do que? A empresa não fez nada de errado, apenas dispensou alguem que não era mais necessário dentro da empresa, e se vc não sabia que estava gravida, vai oenaluzar a empresa PR isso? Olha, procure ter uma gestação tranquila, fique com seu filho o maximo que desejar, e depois VA dignamente procurar outro emprego. Aja corretamente que as coisas boas acontecem.

Falta sem atestado, vc perde todos os direitos!

você é ridicula ao falar isso! Se você estivesse gravida tendo uma gravidez de risco, tendo o perigo diario de perder seu filho você iria entender o motivo dos atestados. Você está pensando apenas do seu lado, lado da sua empresa.

Voltei ontem ao trabalho meu bebe completa 5meses essa semana no caso de eu não querer ficar na empresa o que acontece ? Meu patrão pode me mandar embora quando? E no caso de um acordo? O que eu faço?

estou gravida de 16 semanas e 2 dias , fui mandada embora da firma dia 20 de novembro de 2013, estou recebendo o penultimo mês de seguro.Se a firma me recontratar de novo ,vbai ser descontado alguma coisa de mim? eu tenho direito?

ola começei a trabalhar se passou quinze dias e descobri que estava gravida a minha patroa me mandou embora sera que ela tava no direito dela

Ola entrei numa firma para trabalhar fiquei 3meses na esperiencia e fui resgistrada na semana que fiz o 3meses mais dai comecei a passar mal no servico.e descobri que estava gestante depois que minha encaregada descobriu sou perseguida la dentro por ela e passo muito nervoso com ela o que devo faser me ajuda

tem que pensar antes de engravidar, a culpa nw é do patrão,vc chamou o patrão na hora do sexo? então reflita e pense bem antes de engravidar..................

Olá estou Gravida de 5 meses, e fui demitida hoje por justa causa :/ e nisso a loja fechou. tenho algum direito,
assinei os papéis da rescisão e tudo mais.

andrea eu acho que o homen não pode ter o mesmo direito ate porque ele não deu a luz a ninguem as empresas que são enresponsaveis porque não mandaran embora antes tem que pagar mesmo direito e direito eo minimo que podem faser ea inda ten que ser obrigados, con serteza vc e dono de empresa e por isso que esta falando asim serto.

eu trabalho em uma empresa a dois anos e meio con cateira registrada fui mandada embora gravida de um mes avisei a empregadora que estava gestante eles min pediran uma ultrasom mais não apareceu nada na ultra mais no exame de urina que fis um dia antes da demição constou que eu estava gravida como era de poucos dias não constou na ultra por isso a empresa falou que ia seguir a ultraçom e min mandou embora eu tenho algum direito

é claro que vai ser demitida, a empresa teve que contratar outro funcionario e treina-lo para esse cargo. Muitas vezes quando a pessoa volta do trabalho não é a mesma que esteve antes da gravidez, não tem mais aquela impolgação, se passou muitos meses fora e já não conhece mais as novidades, é preciso passar por um periodo de reciclagem e esse custo pra empresa é caro, entao é preciso DEMITI-LA.

Trabalho em uma UTI Pediátrica e Neonatal de um determinado serviço público, estou com diabetes gestacional. Gostaria de saber se eu posso ficar pegando peso e ficando com crianças de isolamento de contato, salvo que normalmente se diz que uma gestante torna-se imunodeprimida?

Voce deve ser uma velha chata, mal amada!!!

Fui mandada embora com oito meses de gravidez se eu nao aceitasse ser manada embora ela iria fazer de tudo para me mandar por justa causa entao fui obrigada a aceitar agora tenho que esperar para entrar com meus direitos pois meu filho é muito pequeno uma situaçao humilhante

Boa noite, meu nome e amanda estou gravida de 7 meses e 3 semana e a minha gravides e de risco estava de atestado médico mas ja acabou o prazo do atestado medico ,e agora estou a 15dias faltando no trabalho estou com anemia, inchada, tortura, falta de ar , com do de cólica, ja perdi líquido, nao posso sair sozinha pq eu desmaio, estou com medo de ser demitida

Sou funcionária pública e portanto já tenho estabilidade. Estou grávida de 2 meses e tenho passado muito mal. Estou à base de remédio para enjoo... mesmo assim procuro trabalhar, falto o mínimo possível. No entanto a minha sala não tem janela, o ar fica ligado direto e apesar da manutenção exala um cheiro que tem me deixado ainda mais enjoada. Já mexeram no ar condicionado, mas nada melhorou, não sei o que faço... as vezes pego trabalho e vou fazer em outra sala. Já me disseram aqui para eu pegar uma licença e ficar uns dias em casa, mas não estou com problema grave, só não consigo ficar na minha sala por causa do cheiro... o que eu faço?

MINHA NORA TRABALHA EM UMA ESCOLA DA PREFEITURA QUANDO ESTAVA DE 5 MESES DE GESTAÇAO TEVE INFECÇAO URINARIAE FICOU 5 DIAS INTERNADA O MEDICO DA EMPRESA A MANDOU PARA PERICIA NA QUAL HOJE COM QUASE 9 MESES NAO RECEBEU NEM UM CENTAVO DA ESCOLA E A PERICIA FOI MARCADA PARA AGOSTO AI O BEBE JA NASCEU O QUE ELA DEVE FAZER ELA TEM MAIS 2 FILHOS MENORES ONDE PROCURAR AJUDA PARA ESSE CASO

Eu estou em uma situação complicada...
Tive que me ausentar muitos dias por conta dos enjoos, mal estar etc...e tem uma pessoa na área que aproveitou da oportunidade p querer pegar o meu lugar, ela está conseguindo fazer a cabeça de todos na maldade, ja chegou a falar para minha chefe contratar uma pessoa no meu lugar na minha licença "como sugestão".
Estava evoluindo muito bem o meu trabalho, e a única posição acima dela é a minha. Estou de quatro meses de gestação e depois de tudo fiquei desmotivada e já achando que na volta ela conseguirá tomar meu lugar e serei demitids o que fazer?

minha esposa hoje ficou sabendo q no trabalho dela, eles queriam encosta-la por que teve 15 atestado em 2 meses queria saber se a empresa pode fazer isso sem que ela pedisse e se pode interferir no período de licença e se a empresa vai continuar pagando ela nesse periodo

Como eu fazo p eles me demitir to .voltando agora da minha licença maternidade minha filha não quer pegar nenhum tipo de mamadeira o que eu faço para poder ser demitidaporque não quero pedir conta se eu pedi conta como vou fazer para sustentar elaeu moro numa cidade longe da minha família moro sozinha e não tem qem cuid dela .oq eu fazo

Como vc quer rever leis e ter mais direitos se vc não consegue nem cumprir seus deveres

Boa tarde! Fui mandada embora da empresa dia 10 de outubro deste mês, porém descobri que estou grávida a mais de um mês. Tenho quais seriam meus direitos na empresa?

É triste , mas é verdade eu sou mulher e pequena empresária, a lei não difere pequenas de grandes empresas, de que adianta esse desconto do inss , se o que pago e cento e poucos reais, se você fali, que é o meu caso e vai ficar desempregada ainda assim tem que garantir a alimentação de outra pessoa , e a sua como fica? Minha mãe nunca deixou de trabalhar por nenhum motivo menos ainda por gravidez, sabe porque tinha consciência e precisava, mas agora o que se ouve e isso , gravida que faz corpo sem escrúpulo nenhum com seu padrão e amigos de trabalho, e você com as mãos atadas sem poder demitir, eu particularmente não contrato mais mulheres que possam engravidar , vou escolher bem direitinho .

Olá estou de licença maternidade fiquei sabendo q vou ser mandada embora quando acabar a estabilidade. So que descobri q estou gravida novamente e agora o q eu faco?


Postar um comentário

Acesso Rápido

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More